sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Acusado de roubo é preso com drogas em Afonso Cláudio

O roubo na fábrica da famosa cachaça Thimotina ocorrido as 8h30 desta-sexta-feira (26) colocou a polícia no encalço de dois acusados. Um deles Vileno Veigas Barros foi preso pela Polícia Militar logo após o assalto. Ele confirmou a participação de Leonardo Ferreira Ludthe, o popular “Marcha Lenta”, que participou do assalto utilizando uma arma, segundo a PM.

Foto: Divulgação/PMES
Desde então o sargento Siqueira, os cabos Rodrigues e Santiago e soldado Peter, sob o comando do Major Duarte e do Capitão Schenerock, não descansaram. Toda região foi cercada pela PM, com apoio da equipe P2 (Polícia Reservada). A população contribuiu passando informações que levaram os homens da 2ª Cia até uma casa, onde o “Marcha Lenta” estava escondido.

O acusado foi localizado no Bairro São Vicente e, após uma busca minuciosa na casa, os policiais encontraram grande quantidade de maconha e cocaína dentro de um armário e de uma geladeira. De acordo com a polícia ele disse ser o dono da droga, mas sem relatar a sua procedência. Os materiais apreendidos e o preso foram encaminhados para o delegado Luís Cláudio Pascoal, que já preparou o processo de pedido de prisão preventiva para o acusado.

Na casa onde Leonardo Ferreira estava escondido os policiais apreenderam 6.289 kg de maconha, 352 gramas de cocaína em uma sacola plástica, 195 pinos de cocaína, além de 01 papelote de cocaína, munições, ácido bórico, éter, toucas ninjas, balanças de precisão, rádio comunicador, relógios, câmera digital, lanterna, papel filme, tesoura e muito material para embalo dos entorpecentes.

Esta é a segunda grande apreensão de entorpecente que envolveu jovens de Afonso Cláudio. No início da semana, um jovem foi preso com mais de seis quilos de maconha procedente da cidade mineira de Aimorés. A sociedade lamenta que tantos jovens estejam buscando o caminho do tráfico para sobreviver ao invés de tentar um emprego.

“Sou dona de uma empresa e estava contratando um jovem que passou por tratamento em uma clínica de reabilitação. Infelizmente quando ele seria chamado fiquei sabendo de sua participação em um furto e o caso foi muito comentado na rua. Perdi a confiança e temi contratá-lo por conta de meus clientes. Rezamos para que nossos adolescentes e jovens mudem o caminho, buscando estudo, Igreja e emprego,” disse uma empresária, emocionada.

Fonte: Kennedy Lenk/Rádio Educadora

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: