segunda-feira, 20 de março de 2017

Morre aos 102 anos Bastiana Fogo

A mulher que nas décadas de 70, 80 e 90 vivia com seu pauzinho pelas ruas de Afonso Cláudio, fazendo movimentos repetitivos, como se estivesse benzendo, morreu no início da tarde desta segunda-feira (20). Sebastiana do Rosário, conhecida como Bastiana Fogo, que atualmente era residente do Asilo Ninho do Amo, tinha completado 102 anos neste domingo.


O Hospital São Vicente confirmou a morte por volta das 13 horas. Bastiana ficou cerca de 15 dias internada na instituição. A Rádio Educadora parou a sua programação e após a vinheta de plantão os locutores Robson Lelê e Lucas Nunes deram a triste notícia aos ouvintes. Logo após manifestações de luto tomaram as redes sociais.

A jornalista Mariany Coelho Soares, disse que Bastiana Fogo, faz parte da história de nossa cidade. Sarah Schneider, relatou que ela fez parte da sua infância e pediu a Deus que dê um bom lugar para ela.



Sebastiana do Rosário, nasceu em 19/03/1915, natural de Afonso Cláudio, negra, analfabeta, foi andarilha desde sua juventude, a mesma tinha o costume de usar uma “varinha”, objeto para sua defesa pessoal, uma vez que algumas pessoas implicavam com ela.

O corpo será velado na capela mortuária municipal (Necrotério) e será sepultado no cemitério São João Batista, em Afonso Cláudio. O horário ainda será definido.

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: