sexta-feira, 31 de março de 2017

Criminoso tenta aplicar golpe usando nome de radialista Afonsoclaudense

Na tarde desta sexta-feira (31), uma senhora moradora da zona rural de Afonso Cláudio, na região serrana do Espírito Santo, quase caiu em um golpe. O crimino ligou para a vítima no início da tarde se passando por um radialista muito conhecido na cidade. Ele disse ter sofrido um grave acidente e que precisava de dinheiro.

Foto: Reprodução
Segundo informações da vítima, o criminoso se passou pelo Pastor Hilário. Na ligação ele dizia que precisava de R$ 1,5 mil para liberar o veículo após o suposto acidente. Pediu também que a vítima fizesse uma recarga de telefone celular. Até o nome da esposa do pastor ele usou na tentativa de sensibilizar dizendo que ela estava bastante ferida.

Uma filha ao perceber o nervosismo da mãe ao telefone pegou o aparelho e percebeu que a voz não era do radialista e que se tratava de um golpe. Ao questionar o criminoso, ele disse que tinha machucado a boca e por isso a voz estava diferente. Ao desligar o telefone, ela ligou para a Rádio Educadora e confirmou que se tratava de um golpe.

O Pastor Hilário entrou no ar ao vivo por telefone e garantiu que não sofreu nenhum acidente. Ele contou ao radialista Robson Lelê, que essa não é a primeira vez que criminosos usam o nome dele para tentar aplicar golpes em pessoas. Orientou aos ouvintes que liguem para a Rádio Educadora pois a produção da emissora tem facilidade de contato com ele. E no final agradeceu o carinho que recebe dos ouvintes.

Pastor Hilário foi o primeiro a falar ao vivo na Educadora, e o seu programa está no ar a 34 anos.

BOLETIM

A Polícia Civil informou que é importante que a vítima registre o caso em uma delegacia de polícia, com as informações que recebeu na ligação e o número do telefone que ficou nos registros do aparelho.



SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: