quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Marisa Letícia é diagnosticada com morte cerebral

Foi diagnosticada na manhã desta quinta-feira (02), a morte cerebral da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, 66 anos, mulher do ex presidente Lula. Dona Marisa estava internada no Sírio-Libanês, na capital paulista, desde o último dia 24 de janeiro, após passar mal em seu apartamento na região de São Bernado do Campo, no ABC Paulista.

Foto: Ivo Gonzalez / O Globo
A família já autorizou a doação de órgãos, segundo um post publicado na página do ex-presidente Lula.

"A família Lula da Silva agradece todas as manifestações de carinho e solidariedade recebidas nesses últimos 10 dias pela recuperação da ex-primeira-dama Dona Marisa Letícia Lula da Silva. A família autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos", diz o post.

O boletim informa que doppler transcraniano realizado nesta manhã identificou a ausência de fluxo cerebral.

Na tarde desta quarta (01) o quadro clínico de Dona Marisa piorou. O cardiologista Roberto Kalil Filho informou na noite de ontem que ela não tinha mais fluxo cerebral e respirava com ajuda de aparelhos.

Segundo Kalil, o AVC sofrido pela ex-primeira dama foi causado pelo rompimento de um aneurisma que fora identificado dez anos atrás. O aneurisma é uma alteração em uma artéria do cérebro. Seu rompimento provoca sangramento e inflamação.


SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: