quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Lavrador de Brejetuba que contraiu febre amarela deixa UTI do Hospital Dório Silva

O lavrador Miguel Lourenço, 48 anos, residente na zona rural de Brejetuba, passou dois dias internado no na Unidade Hospitalar da cidade do café. Com a confirmação da febre amarela, a família conseguiu transferí-lo para o Dório Silva, na Serra, com o diagnóstico da febre.

Foto: Divulgação
Com fortes dores pelo corpo, muita febre e enjoo, Miguel Lourenço foi internado em Brejetuba, na sexta-feira (27). No domingo (29) pela manhã, ele foi transferido para o Dório Silva, onde foi imediatamente internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Na tarde desta segunda-feira (30), o Portal Montanhas Capixabas contatou Jakeline Camargo, filha do agricultor. Ela, que reside em Vitória e é uma das pessoas que acompanha diariamente o pai no hospital, relatou: “Meu pai está na UTI, mas respira sem aparelho, graças a Deus. Acreditamos na sua recuperação”, disse a filha.

Foto: Divulgação
Na noite de ontem (31), o Portal Montanhas Capixabas  ligou para o número de Jakeline a fim de buscar mais informações sobre Miguel e quem atendeu foi o próprio. Com voz enfastiada, o lavrador disse que tinha acabado de sair da UTI e estava iniciando seu repouso na cama de um quarto.

“Passar pelo que passei foi terrível. Graças a Deus hoje me encontro bem melhor e com a certeza de que vou sair dessa muito bem. Agora tenho que cuidar do meu fígado, que aumentou muito de tamanho com a presença do vírus”, relatou o lavrador Miguel Lourenço.

O vírus amarílico é transmitido pelos mosquitos do gênero Haemagogus e Sabethes, que picam preferencialmente o macaco. De acordo com informações, pessoas de municípios vizinhos a Afonso Cláudio estão matando os primatas. Já circulam em redes sociais campanhas alertando as pessoas menos avisadas que os primatas são vítimas e não os transmissores.

Texto: Kennedy Lenk

Fonte: Montanhas Capixabas

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: