quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Ao longo da vida, Marisa sempre ficou ao lado de Lula

A ex-primeira-dama Marisa Letícia morreu nesta quinta-feira (2), confirmou o ex-presidente Luia Inácio Lula da Silva em sua conta no Facebook. Marisa estava internada na UTI do Hospital Sírio-Libanês após sofrer um acidente vascular cerebral hemorrágico desde o dia 24 de janeiro.

Foto: Reprodução
Nascida em São Bernardo do Campo em 7 de abril de 1950, Marisa se casou com um taxista, aos 19 anos, com quem teve seu primeiro filho, Marcos. Seis meses após o casamento, seu marido foi assassinado.

Em 1973, aos 23 anos, Marisa conheceu Lula no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo. Os dois se casaram em maio de 1974. Ao longo de um relacionamento de mais de 30 anos, o casal teve três filhos, Fábio, Sandro e Luis Cláudio.

Em fevereiro de 1980, Marisa participou ativamente dos eventos que marcaram a fundação do Partido dos Trabalhadores (PT), sendo inclusive a responsável por costurar a primeira bandeira do grupo. Quando Lula foi preso com diversos sindicalistas devido à constantes greves no Sindicato, a ex-primeira-dama liderou a Passeata das Mulheres pedindo a liberdade de todos e organizou reuniões clandestinas em sua casa.

Durante as disputas eleitorais de 1982, 1986, 1994 e 1998, nas quais Lula se candidatou, Marisa também participou ativamente das campanhas. Em 1 de janeiro de 2003, ela se tornou a primeira-dama do Brasil, após seu marido vencer as eleições e se tornar presidente da República.

Em seus oito anos como primeira-dama, ela não participou ativamente de nenhum projeto social. Na Operação Lava Jato, a ex-primeira-dama era ré junto com Lula em duas ações penais sob responsabilidade do juiz Sérgio Moro.

Além disso, também foi mencionada nas investigações relacionadas à reforma de um sítio, em Atibaia, usado pela família.

Fonte: Portal Terra

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: