quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

​Homem é assassinado e jogado às margens de rio em Brejetuba

Um homem foi morto a facadas e jogado às margens de um rio em Brejetuba, região serrana do Estado. O corpo foi localizado no início da tarde desta terça-feira (06) por moradores, que acionaram a Polícia Militar. Dois suspeitos foram localizados e presos. Um deles, conhecido por “Baiano”, confessou o crime e incriminou seu colega, preso em Indaiá, tentando escapar.

Foto: Divulgação

O crime ocorreu dentro de uma obra inacabada na Rua José Olímpio Badaró, que fica próxima do rio. Lá, segundo informações da PM, o “Baiano” e Juraci Pedro Melo, morador da Vila Madalena, mataram com golpes de facas e pauladas Giu Cézar de Almeida, sem profissão informada, natural de outro município, mas sempre presente na cidade do café.

Os policiais Delprete e Kenneth, assim que contatados, localizaram e prenderam Cláudio, conhecido como “Baiano”, cujos documentos não foram apresentados. A princípio ele falou que utilizou apenas um pedaço de madeira, mas questionado pelos PM sobre uma perfuração na testa da vítima, ele acabou confessando que também havia utilizado uma faca.

Juraci Pedro Melo, 59, outro acusado, foi preso na localidade de Indaiá, na BR-262, já no município de Conceição do Castelo. Ciente do ocorrido, os policiais de Conceição do Castelo o conduziram para sua delegacia, mais tarde o encaminhado para a DEPOL de Venda Nova do Imigrante. Com os acusados foram apreendidos duas facas.

O corpo de Giu Cézar foi retirado do local com a ajuda do Corpo de Bombeiros três horas após ser encontrado por moradores. A perícia realizou os procedimentos legais e conduziu o corpo para o IML. Os policiais envolvidos confeccionaram o Boletim Unificado (BU), que já está nas mãos do delegado. “Lamentamos mais um crime, mas valeu a resposta da policia”, disse José Carlos, morador de Brejetuba.

Colaboração: Juciene de Amorim Bermond

Fonte: Kennedy Lenk/Montanhas Capixabas

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: