segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Festa da Penha 2017: 446 anos de tradição e fé

A maior festa religiosa do Espírito Santo já tem data definida. A 446 ª Festa da Penha, que homenageia a padroeira do Estado, Nossa Senhora da Penha, acontece nos dias 16 a 24 de Abril de 2017, com uma programação cheia de novidades.
Foto: Reprodução

A edição de 2017 terá dois momentos de destaque. O primeiro será uma série de eventos preparativos. Essa fase vai acontecer nos meses que antecedem a Festa da Penha, o que inclui a visita da imagem de Nossa Senhora nas Dioceses de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina e São Mateus. A peregrinação da imagem tem o objetivo de aproximar e convidar os fiéis destas comunidades para a Festa.
“Estimular e convidar os capixabas a participarem da Festa da Penha é muito importante. Além da população conhecer os atrativos do turismo religioso no Espírito Santo, é uma forma de fomentar e divulgar esse segmento para outros Estados e atrair novos visitantes”, explica Simone Modolo, subsecretária de Estado de Turismo.
O segundo momento é a Festa da Penha em si, que em 2017 traz novidades culturais na programação, como a apresentação da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo, apresentação de corais e encontro de jovens.
Outro pronto forte da 446ª edição é a tecnologia como forte aliada na divulgação e na participação dos fiéis nas festividades. A previsão é que redes wi-fi estejam disponíveis para os fiéis no Convento da Penha durante todo o oitavário. Outro destaque é a transmissão ao vivo de eventos da programação nas redes sociais.
“A Festa da Penha tem uma trajetória de quase 450 anos e umas das explicações para tal longevidade, além da fé, é que a festa está sempre se atualizando, se adaptando às mudanças da tecnologia e demandas da população capixaba e dos visitantes. É sempre necessário se adaptar aos novos tempos, e a tecnologia esse ano será um dos nossos principais aliados”, esclarece o Frei Paulo Roberto, guardião do Convento da Penha.
A expectativa é reunir cerca de 2 milhões de fiéis nos nove dias de evento, que conta com missas, oitavários e romarias. A programação divulgada ainda pode sofrer alterações.
A Secretaria de Estado de Turismo apoia a realização de eventos no Espírito Santo, proporcionando ao capixaba conhecer o Estado e valorizar a cultura local.

Turismo Religioso
Em julho de 2011, o Ministério do Turismo publicou a portaria nº 125, que busca incentivar o turismo religioso no Brasil, reconhecendo que este setor movimenta a economia gerando emprego e renda e consolidando municípios como destinos turísticos. Neste sentido, a crescente popularização da Festa da Penha vem ao encontro das resoluções do Governo Federal e busca se inserir na rota do turismo religioso do País.

O Convento da Penha
O Convento da Penha é um dos santuários mais antigos do Brasil e um dos ícones do Espírito Santo. Sua arquitetura é característica do período colonial brasileiro, foi fundado por Frei Pedro Palácios e construído pelos escravos, logo após a chegada dele em terras capixabas, em 1558. Foi tombado em 1943, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Histórico Cultural.
Como santuário mariano muito procurado durante todo o ano por romeiros, é o segundo do Brasil, com mais de 2,5 milhões de pessoas. É considerado o principal monumento religioso do Estado e símbolo de devoção a Nossa Senhora da Penha. O Convento está localizado num penhasco de 154 metros de altitude e a 500 metros do mar, envolto por uma faixa de 50 hectares de mata atlântica. De lá é possível ter uma linda vista da Baía de Vitória, de Vila Velha e de belas praias.
Frei Pedro Palácios chegou ao Espírito Santo em 1558 trazendo consigo o Painel de Nossa Senhora das Alegrias. O Largo do Convento (ou campinho) foi o local escolhido para a construção de uma capela dedicada a São Francisco de Assis, em 1562.
Segundo a versão popular, o quadro teria sumido da Gruta onde o Frei morava e assim indicou o lugar onde deveria ser construído o Convento, no alto de um morro de 154 metros. A edificação da “Ermida das Palmeiras” foi erguida por volta de 1560.

Sítio Histórico
O Convento da Penha faz parte do Sítio Histórico da Prainha de Vila Velha. Complexo que agrega pontos históricos com construções levantadas sobre a região aterrada do município. Ali estão o 38º Batalhão de Infantaria, a Escola Aprendizes-Marinheiros, o Forte Piratininga, o Museu Homero Massena, a Igreja Nossa Senhora do Rosário (fundada em 1551, sendo a mais antiga do Brasil ainda em funcionamento), o obelisco a Vasco Fernandes Coutinho, a Praça da Bandeira e o Museu Etnográfico conhecido como Casa da Memória, que possui documentos valiosos sobre a colonização do município.

Serviço:
446ª Festa da Penha
Local: Prainha, Vila Velha
Data: 16 a 24 de Abril de 2017

Entrada Gratuita

Programação:
16/04/2017 (domingo)
9h – Romaria dos Cavaleiros com saída de Cobilândia e Abertura da Festa da Penha 2017 no Campinho do Convento com a área Pastoral Vila Velha.

17/04/2017 (segunda-feira)
14h30 – Oitavário no Campinho com a área Pastoral Serrana e Pastorais Familiares.

18/04/2017 (terça-feira)
14h30 – Oitavário no Campinho com a área Pastoral Cariacica/Viana e Legião de Maria e Apostolado da Oração.

19/04/2017 (quarta-feira)
14h30 – Oitavário no Campinho com a área Pastoral Benevente e RCC
20h – Apresentação Musical (intervenção artística) da Comunidade Sholom

20/04/2017 (quinta-feira)
14h30 – Oitavário no Campinho com a área Pastoral Serra/Fundão.
20h – Apresentação da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo no Santuário de Vila Velha

21/04/2017 (sexta-feira)
14h – Romaria dos Militares com saída na Prainha
14h30 – Oitavário no Campinho com a área Pastoral de Vitória
20h – Evento religioso com os jovens.

22/04/2017 (sábado)
8h – Romaria da Diocese de São Mateus no Campinho
- Romaria das pessoas com deficiência na Praça Duque de Caxias
14h30 – Romaria com a Diocese de Cachoeiro de Itapemirim no Campinho
- Romaria Marítima, até a Catedral de Vitória
19h – Romaria dos homens, saída na Catedral de Vitória
- Missa de encerramento da Romaria dos homens na Prainha, após a chegada da imagem de Nossa Senhora da Penha.

23/04/2017 (domingo)
10h – Romaria dos motociclistas saindo da Praça Costa Pereira, em Vitória
15h – Romaria das mulheres com saída do Santuário de Vila Velha
16h30 – Missa de encerramento da Romaria das mulheres
20h – Festival de Música no Campinho

24/04/2017 (segunda-feira)
7h – Missa de encerramento da CRB
8h30 – Romaria dos ciclistas saindo de Cobilândia
9h – Bandas de Congo no Campinho
10h – Missa das Pastorais Sociais
16 – Missa de encerramento na Prainha

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: