quarta-feira, 31 de agosto de 2016

PM de Brejetuba prende acusados de receptação e apreende armas de fogo

A Polícia Militar de Brejetuba, região Serrana do Estado, se desdobra para enfrentar os constantes crimes no município. Moradores reclamam da violência e cobram mais investimento na segurança. Em 2015, as reclamações chegaram até o prefeito João Lourenço, por meio de um programa da Rádio Educadora, de Afonso Cláudio.

Foto: Polícia Militar
De acordo com o tenente José Carlos da Silva Rodrigues, sempre que acionados, os policiais do 14º Batalhão de Ibatiba, lotados em Brejetuba, oferecem toda atenção à sociedade. “As inúmeras vias de fugas estão a favor dos bandidos, o que dificulta as ações policiais. No caso de roubo, quando a PM é comunicada, os criminosos já ganharam vantagens de quilômetros”, relatou José Rodrigues, citando como exemplo, o roubo da F350.

Prova do trabalho incessante da PM é que no sábado (27), e domingo (28), duas ocorrências foram solucionadas, com os envolvidos na cadeia. Às 21 horas de sábado, policiais foram solicitados por meio do 190 (Disque Denúncia) e seguiram para São Jorge, onde três jovens foram detidos acusados de efetuarem disparos de armas de fogo no centro daquele distrito.

Os policiais Cândido e Bruno abordaram os suspeitos L.R.O., L.F.R., e G.O.F. próximo de um Posto de Saúde, às 21 horas de sábado (27). Os jovens não portavam armas no momento da abordagem, mas, em uma busca efetuada antes de conduzi-los à sede da PM, foi encontrado um revólver calibre 22 com cinco munições deflagradas, nas proximidades de uma construção.

No DPM de Brejetuba o envolvido L.F.R. relatou que havia mais uma arma no matagal. Tratava-se de um revólver calibre 38, que foi recuperada pelos policiais, quando retornaram ao local. Os três envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Venda Nova do Imigrante, onde foram ouvidos e autuados pelo delegado de plantão.

Já no domingo (28), na localidade de Vila do Cedro, uma motocicleta CG 125 Fan, com placa MSN-3284, com restrição de furto/roubo, foi recuperada pelos homens do 14º BPM. Três suspeitos foram surpreendidos com a presença dos policiais, acionados por meio de denúncia anônima. Entre os jovens, R.O.S., com passagem pela polícia, teria comprado a motocicleta por R$ 500,00.

Por meio de R.O.S., os policiais chegaram a mais dois jovens ligados à aquisição da motocicleta, que tinha o chassi raspado. Todos acabaram conduzidos até à DEPOL de Venda Nova do Imigrante. De acordo com a polícia, foi verificado através do COPOM, que o tatuado R.O.S. já teve passagem pela polícia por tráfico de entorpecente e homicídio.

Texto: Kennedy Lenk

Fonte: Montanhas Capixabas

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: