sábado, 16 de julho de 2016

Empresas capixabas podem concorrer a subsídio de até R$ 120 mil

Pequenos negócios com potencial de alto impacto, que tenham sede no Espírito Santo, já podem se inscrever no Programa Inovação nos Pequenos Negócios – InovAtiva Brasil, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae. Os inscritos concorrem a subsídio de até R$ 120 mil, durante 24 meses. Para isso, basta acessar: www.inovativabrasil.com.br.


Pequenos negócios são constituídos por microempresas e empresas de pequeno porte (MPE). Também estão inclusos os produtores rurais que possuam inscrição estadual de produtor, número do Imóvel Rural na Receita Federal (NIRF) ou declaração de aptidão (DAP) ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e os pescadores com registro no Ministério da Pesca.

Ao todo, serão R$ 20 milhões destinados a projetos intensivos em tecnologias inovadoras ou capital intelectual, contemplando as cinco regiões brasileiras. O objetivo do Sebrae é contribuir para o aumento da competitividade e da produtividade dos pequenos negócios com potencial de alto impacto. Finalistas do Programa InovAtiva Brasil, empresas incubadas, graduadas, aceleradas ou instaladas em parques tecnológicos receberão uma pontuação extra de 10% no processo de classificação.

“Oapoio à inovação é uma das prioridades do Sebrae ES. O mercado está em constante mutação e, a cada dia, os clientes estão mais exigentes. Por esse motivo, a inovação é uma ferramenta primordial no aumento da competitividade das pequenas empresas. Assim, a busca pelo conhecimento e pela diferenciação pode ser determinante para a sobrevivência do negócio”, afirmou o superintendente do Sebrae ES Jose Eugênio.

Não estão aptas a participar deste edital as empresas inovadoras que tenham captado recursos de outros editais de inovação do Sebrae ou Sebrae/ES que estejam com projetos em andamento ou com prestação de contas pendente.

As modalidades

Os projetos empresariais de inovação poderão ser apresentados em uma das seguintes modalidades:

Desenvolvimento Tecnológico: os projetos empresariais de inovação são apresentados pela empresa inovadora, com contratação de uma Entidade de Ciência, Tecnologia e Inovação (ECTI) que tenha competência técnica para prestar os serviços descritos no documento.

Encadeamento Tecnológico: os projetos empresariais de inovação são apresentados pela empresa inovadora em parceria com uma média ou grande empresa que deseje executar um projeto de inovação de interesse mútuo, com contratação de uma ECTI que tenha competência técnica para prestar, total ou parcialmente, os serviços descritos no documento, conforme regras e condições do edital.

Serão apoiados projetos empresariais nos limites e percentuais de acordo com a tabela abaixo, conforme a modalidade em que estiverem enquadrados.



ETAPAS DO PROCESSO DE SELEÇÃO

O processo de seleção dos projetos empresarias de inovação será desenvolvido em dez etapas:

Etapa 1 – Habilitação das empresas inovadoras

Etapa 2 – Inscrição dos projetos pelas empresas habilitadas

Etapa 3 – Avaliação de mérito dos projetos

Etapa 4 – Classificação dos projetos

Etapa 5 – Seleção dos projetos classificados

Etapa 6 – Visita Técnica às empresas inovadoras selecionadas

Etapa 7 – Divulgação preliminar dos projetos selecionados

Etapa 8 – Recursos Administrativos

Etapa 9 – Homologação dos Resultados

Etapa 10 – Contratação dos Projetos Aprovados

Os projetos selecionados serão divulgados na data prevista de 16 de dezembro de 2016, pela página: www.sebrae.com.br.

CRONOGRAMA




SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: