segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Saúde abre Semana de Incentivo à Doação de Órgãos

A Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo (Sesa) vai intensificar as ações de conscientização sobre a importância da doação de órgãos e tecidos para transplante durante esta semana. A programação da Semana Estadual de Incentivo à Doação de Órgãos foi aberta pelo secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira, na manhã desta segunda-feira (21), em evento realizado na sede administrativa da Sesa na Enseada do Suá, em Vitória.

                                                                              Foto: Romero Mendonça/Secom-ES

 
O secretário Ricardo de Oliveira ressaltou a dedicação dos profissionais da Central de Transplantes do Espírito Santo e parabenizou o trabalho da equipe. “Parabéns a vocês que estão nessa batalha diária para salvar vidas. Temos uma equipe muito competente na Sesa e há muito trabalho bom sendo feito pela equipe da Saúde”, disse.
 
A coordenadora da Central de Transplantes, Rosemery Erlacher, aproveitou a oportunidade para agradecer a parceria de diversos setores da Sesa e também dos hospitais, tanto públicos quanto privados e filantrópicos. “Como em qualquer área, enfrentamos muitas dificuldades no dia a dia, mas não podemos deixar que os problemas sobressaiam e nos impeçam de fazer o melhor pelo próximo. Eu amo o que eu faço”, comentou.
 
Além da equipe da Central de Transplantes do Espírito Santo e de outros servidores da Sesa, marcaram presença na solenidade os deputados estaduais Hércules da Silveira, presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales), e Dary Pagung, presidente da Comissão de Finanças. 
 
“A doação de órgãos é um ato de amor, e o que a Central de Transplantes faz é um trabalho missionário com o objetivo de salvar vidas”, salientou o deputado Hércules da Silveira, autor do projeto que instituiu o Setembro Verde por meio da Lei nº 10.374/2015.
 
A Semana
 
De acordo com a coordenadora da Central de Transplantes do Espírito Santo, Rosemery Erlacher, o objetivo da Semana Estadual de Incentivo à Doação de Órgãos é estimular as pessoas a refletirem sobre o tema para que o Estado consiga, dentro de um menor tempo, reduzir a fila de espera, hoje com 980 pessoas. Dessas, 841 aguardam um novo rim, 35 esperam por um fígado, 03 precisam de um coração e 101 contam com novas córneas. “Um único doador pode beneficiar diversos receptores, mas a recusa da família continua impedindo que muitas doações sejam efetivadas”, comenta.
 
A coordenadora da Central de Transplantes do Espírito Santo ressalta que a falta de clareza sobre o que é a morte encefálica e a carência de diálogo sobre o assunto entre as famílias são fatores que influenciam fortemente os familiares a não doarem os órgãos de seu ente querido. Por isso, segundo ela, é importante intensificar a divulgação de informações e as ações de conscientização.
 
Para a servidora da Sesa Ariely Peixoto da Vitória, que participou da abertura da Semana Estadual de Incentivo à Doação de Órgãos, as campanhas de conscientização são importantes para tirar dúvidas e fazer com que as pessoas reflitam sobre o assunto. “Eu sou doadora. Falo sempre lá em casa que quando eu morrer pode doar tudo. Minha família estranha um pouco, mas acabei convencendo minha irmã e meu cunhado da importância da doação e hoje eles também se dizem doadores”, conta.
 
Rosemery Erlacher comenta que o processo de doação de órgãos é complexo. Há potenciais doadores, por exemplo, que apresentam contraindicações e não podem doar, pois o procedimento causaria danos em vez de benefícios ao receptor. Outros, ela explica, sofrem parada cardíaca antes que se possa fazer a retirada dos órgãos. 

                                                                           Foto: Romero Mendonça/Secom-ES

 
“Diversos fatores interferem no processo de doação. Contra alguns nós não temos como lutar, mas a recusa familiar é uma variável que temos como vencer com informação e conscientização, e é isso que temos buscado ano após ano”, acrescenta Rosemery, informando que o número de transplantes no Espírito Santo entre janeiro e agosto deste ano caiu 4,12% se comparado ao mesmo período do ano passado, enquanto a recusa familiar aumentou 12,90%.
 
Nesta segunda-feira, além de exposição de trabalhos científicos elaborados pelos profissionais da Central de Transplantes, haverá orientação, até às 12 horas, para os servidores da Secretaria de Estado da Saúde e para as pessoas que passarem pelo prédio público. A Semana Estadual de Incentivo à Doação de Órgãos será encerrada no domingo (27), com a III Caminhada pela Vida, na Praia de Camburi, em Vitória, a partir das 8 horas.
 
Para que mais pessoas sejam alcançadas, a Central de Transplantes conta com o apoio dos hospitais públicos, particulares e filantrópicos, que também programaram atividades com o objetivo de informar, esclarecer dúvidas e sensibilizar a população. 

 
Comparativo do Número de Transplantes Realizados no Espírito Santo
Órgão
Jan-Ago/2014
Jan-Ago/2015
Percentual
Córneas
193
213
10,36%
Rim (falecido)
44
37
-15,90%
Rim (vivo)
22
18
-18,18%
Fígado
27
20
-25,92%
Coração
7
0
-100%
Osso
11
0
- 100%
Esclera
12
8
-33,33%
Medula Óssea Autólogo
23
29
26,08%
Total
339
325
- 4,12%
 
 
Lista de espera
Coração: 03
Fígado: 35
Córnea: 101
Rim: 841
Total: 980
 
Programação da Central de Transplantes
 
Segunda-feira (21)
9h- 12h: Abertura oficial da campanha no hall da Sesa, na Enseada do Suá. Em seguida, exposição e apresentação de trabalhos e ações desenvolvidas pelos servidores da CNCDO-ES, da Central Administrativa da Sesa, das equipes de transplante e dos bancos de olhos. Haverá plantão para esclarecimento de dúvidas sobre o tema.
 
Segunda (21) a domingo (27)
Divulgação de frase alusiva à doação de órgãos nos letreiros luminosos do Porto de Vitória e da Rodosol, com o slogan da campanha e o convite à III Caminhada pela Vida.
 
Quinta-feira (24)
19h: Sessão solene na Câmara de Vereadores de Vitória em homenagem às famílias de doadores de órgãos. 
 
Sexta-feira (25)
Ação de orientação e sensibilização sobre doação de órgãos na Prefeitura de Vitória.
 
Domingo (27)
8h: Encerramento da Semana Estadual de Incentivo à Doação de Órgãos com a “III Caminhada Pela Vida”, na Praia de Camburi, em Vitória. Será entregue kit caminhada para os participantes a partir das 8 horas, em troca de uma lata de leite em pó ou 2 kg de alimento não perecível, que posteriormente serão doados para instituições carentes. A caminhada começa às 9 horas.

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: