sábado, 12 de setembro de 2015

Jovem com passagem pela polícia é assassinado em Afonso Cláudio

Kennedy Lenk

Um jovem destemido e com passagens pela polícia foi assassinado a tiros na noite desta quinta-feira (10), no distrito de Fazenda Guandu, em Afonso Cláudio. Policias do Serviço Reservado (P2) e caracterizados trabalharam até à madrugada desta sexta-feira, buscando pistas que pudessem levá-los ao criminoso, mas não obtiveram sucesso.


                                                                                                           Foto: Divulgação

O crime ocorreu por volta das 21h30, próximo à Fazenda Guandu, distante 18 quilômetros da sede. Um morador que ouviu os disparos e gritos de socorro contatou a polícia e ainda tentou socorrer a vítima. O morador relata que, uma hora antes de encontrar a vítima, ouviu um disparo, mas não atentou para o que estava acontecendo.

Jocemar Pereira, 26 anos, residente no distrito de Fazenda Guandu, havia sido preso na terça-feira (08), com uma arma branca, acusado de ameaçar um morador daquela localidade. Ele foi conduzido à delegacia de polícia e liberado pelo delegado. Na tarde desta quinta-feira, a equipe do sargento Siqueira recebeu outras denúncias contra ele.

A polícia realizou buscas na região, mas não conseguiram localizá-lo. Durante a confecção do Boletim de Ocorrência (BO), na sede da 2ª Cia, eles receberam a notícia de sua morte e retornaram para o local, desta vez para tentar localizar o criminoso. Jocemar Pereira foi encontrado por um morador, numa vegetação, às margens da rodovia ES-165.

“A polícia terá dificuldades para descobrir quem o matou, já que ele era temido na região por ter matado um homem aqui na comunidade há alguns anos atrás e ultimamente andava perturbando muita gente. Ouvi dizer que ele fazia uso de remédios controlado e bebia”, disse um morador, que preferiu não se identificar.

Segundo a polícia, os pais da vítima, que residem no distrito, ficaram chocados ao receberem a notícia e até às 23 horas eles ainda não haviam ido ao local. A Polícia Militar contatou peritos da Polícia Civil e preservou o local até a chegada dos profissionais, que ocorreu por volta das 0h30. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Vitória.

Fonte: Montanhas Capixabas



SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: