quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Capixabas devem ficar atentos ao Calendário de Vacinação 2015

Manter a caderneta de vacinação em dia é necessário para resguardar a saúde de crianças, adolescentes, adultos e idosos. Por isso, é importante ficar atento ao calendário das campanhas de imunização, que é divulgado sempre pelo Ministério da Saúde (MS).

                                                                                                  Foto: Divulgação/Sesa

Segundo informações do órgão, estão previstas para este ano cinco campanhas de vacinação para prevenção de até 17 doenças. A novidade fica por conta da dose de reforço contra meningite meningocócica tipo C para meninos e meninas com 09 anos de idade, e a vacinação de mulheres HIV positivas de 9 a 26 anos de idade contra o Papilomavírus Humano (HPV).

O calendário começa com a campanha de imunização contra o HPV, que causa câncer de colo de útero e outros, como câncer de vagina, vulva e ânus. A primeira dose da vacina será administrada durante campanha marcada para começar no dia 02 de março, e a segunda dose será dada em setembro. A coordenadora do Programa Estadual de Imunizações, Danielle Grillo, lembra que essa vacina está disponível nas unidades de saúde desde o ano passado e a administração das duas doses faz parte da rotina de imunização.

De acordo com o Programa Nacional de Imunizações, a campanha de vacinação contra a gripe será realizada entre 25 de abril e 15 de maio, sendo o “Dia D” em 25 de abril. Já a campanha de multivacinação, que tem como objetivo atualizar a caderneta de vacinação das crianças, e contra a paralisia infantil (pólio) será promovida entre 08 e 21 de agosto, com “Dia D” em 08 de agosto.

Novidade

A novidade do calendário de vacinação é a inclusão da dose de reforço da vacina contra a meningite meningocócica C para crianças do sexo masculino e feminino na faixa etária de 09 anos. “Até o ano passado, o esquema previa a imunização em bebês de três meses e cinco meses, e um reforço em crianças de um ano e três meses”, esclarece Danielle Grillo.

Já contra o HPV, além das meninas de 9 a 11 anos de idade, neste ano receberão a vacina mulheres HIV positivas na faixa etária de 9 a 26 anos.

A coordenadora pede que os capixabas fiquem atentos para manter a caderneta de vacinação atualizada. “Pais e responsáveis devem ficar atentos às datas quando houver divulgação das ações e sempre buscar a informação caso haja alterações no cronograma”, ressalta.

Confira o cronograma

Vacinação HPV – 1ª etapa: a partir de 02 de março 

Público-alvo: meninas de 09 a 11 anos e meninas e mulheres HIV positivas de 9 a 26 anos de idade. Meninas menores de 14 anos que por algum motivo não receberam a primeira dose no ano passado também devem se vacinar este ano. O mesmo vale para as que não tomaram a segunda dose no ano passado ainda que já tenham completado 14 anos, elas devem receber a segunda dose.

Campanha de Influenza (gripe sazonal): 25 de abril a 15 de maio

Dia de Mobilização: 25 de abril
Público-alvo (sujeito à alteração): crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); portadores de doenças crônicas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Campanha de Pólio e Multivacinação: 08 de agosto a 21 de agosto

Dia de Mobilização: 08 de agosto
Público-alvo: para a pólio, crianças de 06 meses a menores de 05 anos de idade; atualização da Caderneta de Vacinação de menores de 05 anos.

Vacinação HPV – 2ª etapa: a partir de setembro

Público-alvo: meninas de 09 a 11 anos e meninas e mulheres HIV positivas de 09 a 26 anos de idade. Meninas menores de 14 anos que por algum motivo não receberam a primeira dose no ano passado também devem se vacinar este ano. O mesmo vale para as que não tomaram a segunda dose no ano passado: ainda que já tenham completado 14 anos, elas devem receber a segunda dose.

Vacinação de reforço contra a meningite meningocócica C: a partir de setembro

Público-alvo: crianças de 09 anos de idade de ambos os sexos. A partir desta data essa dose de reforço será incluída no calendário vacinal no Brasil.

Vacinas disponibilizadas e doenças prevenidas

- BCG: protege contra formas graves de tuberculose;
- Hepatite B: protege contra a hepatite B;
- Poliomielite: protege contra a paralisia infantil;
- Pentavalente: protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e haemophilus tipo B (bactéria que causa meningite);
- Pneumocócica 10-valente: protege contra o pneumococo, bactéria que causa pneumonia e meningite;
- Meningocócica: protege contra o meningococo C, bactéria que causa meningite;
- Rotavírus: protege contra diarreia e desidratação;
- Tríplice Viral: protege contra sarampo, caxumba e rubéola;
- Tríplice Bacteriana (DTP): protege contra difteria, tétano e coqueluche;
- Tetraviral: imuniza contra sarampo, caxumba, rubéola e catapora;
- Hepatite A: protege contra a hepatite A.
- HPV: oferece proteção contra o papilomavírus humano 6, 11, 16 e 18, que causam verrugas genitais, câncer de colo de útero e outros;
- Influenza: imuniza contra três vírus influenza que causam a gripe.

Fonte: Sesa-ES

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: