sábado, 3 de janeiro de 2015

Cachoeira e piscina para quem não suportou o calor em Afonso Cláudio

Kennedy Lenk / Montanhas Capixabas

No primeiro dia de 2015, Afonso Cláudio registrou o recorde de calor desde o início do verão e a previsão não é nada animadora no que se refere a chuvas. As cachoeiras e piscinas de clubes e áreas de lazer de Afonso Cláudio ficaram lotadas durante o primeiro dia do ano. De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), não haverá chuvas nos próximos dias em quase todo o estado.

                                                                                                  Foto: Kennedy Lenk
Uma massa de ar quente, que fez a temperatura subir em todo o Espírito Santo, deixou a marca de 36° graus registrada no termômetro do centro da cidade. Poucas pessoas se arriscavam a sair de casa, da frente do ventilador e do frescor do ar condicionado. Já outras, aproveitaram o calor e correram para as piscinas e cachoeiras do município. Protetor solar era o companheiro de muitos, sem falar na água, suco e a cerveja, tudo bem gelado.

Na praça, como de costume, o carteado era o desafio entre amigos de longas datas. Eles se posicionaram sob as folhas de uma palmeira, cuja sombra abraça muitos jogadores. Para os taxistas, o dia não trouxe muito retorno. Milton José Pires, o Miltinho, que atua na Praça Aderbal Galvão, relatou que nem 30% dos taxistas saíram para trabalhar. Entretanto, segundo ele, alguém tinha que atender as pessoas que buscavam as cachoeiras e piscinas.

A cachoeira de Santa Luzia, localizada no Rio do Peixe, distante oito quilômetros da cidade, foi a mais frequentada. Um grande número de afonsoclaudenses e turistas visitaram este ponto turístico, com queda d´agua de 15 metros e cercado de muitas pedras. Já, o Lazer Plaster, na localidade de Vargem Grande, que não tinha a previsão de funcionar, cedeu ao grande número de pedidos. A piscina natural era o que muitos buscavam.

Fonte: Montanhas Capixabas

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: