terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Indonésio cria réplica de Fórmula 1 com R$ 12 mil

Imagine acelerar pelas ruas ou ir ao trabalho todos os dias a bordo de um Fórmula 1. Impossível? Não para o indonésio Abdul Latif, morador da pacata ilha de Lombok, próxima a Bali. O homem construiu uma réplica de Ferrari a partir de uma modesta van popular dos anos 80. Confira a seguir todos os detalhes do F1 de Latif.

                                                                                     Foto: Reprodução/Carscoops

Fã de Fórmula 1 e de competições de automobilismo, Abdul Latif gastou cerca de R$ 12 mil (US$ 4,5 mil) para construir a réplica de sua escuderia favorita, a Ferrari.

O monoposto foi criado dentro de sua pequena loja em Lombok, ilha localizada a leste de Bali, na Indonésia.

Latif usou chassi e motor de uma van Daihatsu Hijet 1980.

Evidentemente, a adaptação é bastante modesta perto de um carro de Fórmula 1. Não há qualquer tecnologia embarcada, como mostra a imagem do cockpit. Sequer há painel de instrumentos.

Mesmo assim, é importante dizer, Latif conseguiu licença para rodar legalmente com sua réplica de F1 pelas ruas. O modelo tem placa com numeração, documentos e tudo mais.

Há vários flagras do modelo circulando pelas ruas de Lombok, um deles pela revista indonésia Autonet Magazine.

Segundo a reportagem da revista, embora se pareça com um bólido de F1, a réplica de Latif tem o tamanho de um monoposto da Fórmula 3.

O motor também está "anos luz" dos F1... O pequeno bloco bicilíndrico de 547 cc, herdado da van Daihatsu, fica instalado no bico, logo à frente do cockpit.

Este pequeno motor é capaz de gerar ínfimos 28 cv de força a 5.500 rpm e um torque de 4 kgfm aos 3.500 giros. Para Abdul Latif, porém, o desempenho não importa. O que vale é a emoção de estar a bordo de um Fórmula 1.

Sua paixão pelo esporte e pela principal categoria do automobilismo exigiram tempo para reunir peças e adereços. Latif buscou até os adesivos usados nos monopostos.

Relatos dão conta de que o homem (de idade desconhecida) teve dificuldade para encontrar peças para seu F1.  Da pequena van Daihatsu foram aproveitadas apenas algumas partes do chassi, como componentes da suspensão.

Fonte: R7

SHARE THIS

Author:

Etiam at libero iaculis, mollis justo non, blandit augue. Vestibulum sit amet sodales est, a lacinia ex. Suspendisse vel enim sagittis, volutpat sem eget, condimentum sem.

0 comentários: